terça-feira, 21 de outubro de 2014

Robinson Faria tem 98 apartamentos do Minha Casa, Minha Vida e não paga condomínio

O vice-governador Robinson Faria, candidato do PSD ao Governo do Estado, possui 98 apartamentos no condomínio Caravelas, em Parnamirim, todos dentro do programa Minha Casa, Minha Vida e não paga as faturas do condomínio desde novembro, totalizando um débito de R$ 153.082,64. A denúncia foi feita no programa eleitoral nesta segunda-feira (20).

Os demais condôminos do Jangadas também não esconderam a frustração por ver que pagam em dia a sua taxa de condomínio, enquanto o “vizinho rico” está inadimplente. “É um absurdo. Nós pagamos e ele precisa pagar também. Não tem 98 apartamentos? Tem que pagar”, aponta Silvino Borges, morador do Jangadas. “O justa paga pelo pecador”, complementa a moradora Netinha Paiva. Wagner Fernandes também questiona: “Quem é ele para não pagar o condomínio? Todos aqui pagam”.

Além da inadimplência, há uma contradição entre as informações prestadas pelo Residencial Caravelas e a prestação de contas de Robinson Faria junto ao Tribunal Regional Eleitoral. Na declaração do candidato, há 31 apartamentos, sendo dois no Residencial Veleiros e 29 no Residencial Jangadas. Mas nenhum no Residencial Caravelas. Os três condomínios são vizinhos no bairro de Nova Parnamirim.

*Retirado do Blog do Xerife.

OUTUBRO ROSA EM APODI: PALESTRA DE PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

Um Chá Rosa em prol da saúde da mulher. Igreja Congregacional em Apodi.
Noite Especial. Edinalva Fernandes, Maria Rita, Lenilza Dias, Sara Lene, Salete Morais, Adriana Souza, Maria Aldeniza França...

Um trabalho de conscientização para as mulheres apodienses se prevenirem do câncer de mama. Todos os seguimentos da sociedade apodiense sabe da importância de se prevenir e cuidar da saúde da mulher. O GASPEC-Grupo de Assistência às Pessoas com Câncer de Apodi vem sempre orientando e levando a informação nos bairros e no centro da cidade. 
Apodi está tendo o Outubro Rosa, graças a todos que querem o bem e a saúde da mulher!

Fotos do facebook de Mércia Câmara.

NO RIO DE JANEIRO IBOPE APONTA DILMA 56% E AÉCIO 44%

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida presidencial apenas com eleitores do Rio de Janeiro.
Dilma Rousseff (PT): 56%
Aécio Neves (PSDB): 44%


A pesquisa foi encomendada pela TV Globo. Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada com eleitores do RJ são:

Dilma: 48%
Aécio: 37%
Brancos e nulos: 11%
Não sabe ou não respondeu: 4%


O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 46 municípios de 17 a 19 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Eleitoral Regional (TRE) sob o protocolo RJ-00073/2014 e no Tribunal Superior eleitoral sob o registro BR-01137/2014.


*Erivan Morais.

Henrique comanda mobilização em Pau dos Ferros

Candidato do PMDB participa de comício ao lado de Getúlio e Leonardo Rêgo.
Em clima de festa, milhares de pessoas foram às ruas de Pau dos Ferros mostrarem que estão ao lado de Henrique Alves (PMDB) para Governar o Rio Grande do Norte.

Ao lado dos deputados campeões de votos em Pau dos Ferros, Getúlio Rego e Felipe Maia, do Senador José Agripino, do ex-prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rego, além da vice-prefeita, Zélia Leite, vereadores e lideranças locais e regionais, Henrique presenciou mais uma grande mobilização política na Princesinha do Alto Oeste.

Após uma grande passeata, com a participação de milhares de pessoas, já no centro da cidade, onde aconteceu o comício, as lideranças presentes levaram a sua mensagem de agradecimento as milhares de pessoas presentes aquele evento, que foram mostrar seu apoio a Henrique Alves.

“Mais uma vez, Pau dos Ferros mostrou sua força, mostra que segue ao lado dos que querem o bem desta cidade. Por isso, temos a certeza da vitória de Henrique Alves, que vai trazer o desenvolvimento para o Rio Grande do Norte e toda a atenção necessária para crescimento de Pau dos Ferros”, destacou Leonardo Rego. 

Fonte: Skarlack.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

GASPEC LEVA ATIVIDADE DO OUTUBRO ROSA AO BAIRRO COHAB

Foi na residência de Francimário e Albaneide na noite de ontem que o GASPEC leou a informação sobre a importância de se prevenir e evitar o câncer de mama.

Com as explanações dos enfermeiros Gilberto Souza e Hyslaide Souza as mulheres presentes saíram conscientes da importância de se fazer os exames preventivos e de mama.

Com a presença de Ideuza Gurgel, presidente do GASPEC e voluntários também, mais um evento foi realizado dentro da Programação do Outubro Rosa em Apodi.


*Fonte: http://gaspecapodi.blogspot.com.br/

Processo seletivo da prefeitura municipal de Apodi na área da saúde pode apresentar irregularidades

DOS FATOS:

No dia 09 de setembro de 2014 a PMA lançou edital do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de profissionais da Saúde, sendo publicado no diário oficial dos municípios do RN no dia 11/09/2014. O edital previa duas etapas: A primeira de títulos, e a segunda, uma entrevista com psicóloga. Além disso, previa uma série de requisitos que os candidatos deveriam preencher no ato da inscrição.

Após a primeira etapa (títulos), foi publicado um edital homologando o resultado, no dia 19 de setembro de 2014, e para a nossa surpresa (leia-se ABSURDO) no dia 23 de setembro, as vésperas da entrevista (2ª fase) outro edital foi publicado contendo “RETIFICAÇÕES”, inclusive ACRESCENTANDO CANDIDADOS QUE NAO HAVIAM SIDO COLOCADOS NO PRIMEIRO EDITAL COMO CLASSIFICADOS PARA A ENTREVISTA! Ora, isso é uma enorme irregularidade! Como se publica um edital homologando um resultado, e após 4 dias, as vésperas da segunda fase, vem outro edital acrescentando candidatos?

Prossigamos...

Hoje, dia 16/10/2014, foi publicado o resultado final do processo e este contendo inúmeros abusos e irregularidades.

Ao todo podemos destacar, entre outras, as seguintes irregularidades ao longo do Processo Seletivo:
• A segunda fase, constante de entrevista com os candidatos, não teve quaisquer critérios objetivos para aferir a capacidade dos candidatos. O prórpio edital, não prevê quais critérios serão utilizados nas entrevistas, ficando subjetivo ao bem entender de quem está aplicando a entrevista.

• O edital com o resultado final não mostrou as notas finais dos candidatos. O PRÓPRIO EDITAL PREVÊ QUE NA ENTREVISTA SERIA ATRIBUÍDA PONTUAÇÃO DE 0 A 10, E NÃO FORAM PUBLICADAS ESSAS NOTAS. Como sabemos em que colocação ficaram os candidatos?

• O edital não contemplou prazo para Recurso Administrativo, não podendo o candidato recorrer na instancia administrativa.

• O edital prevê entre outros DOCUMENTOS NECESSÁRIOS NO ATO DA INSCRIÇÃO, que o candidato comprove inscrição no conselho de classe competente, sendo que ficou flagrante no edital de homologação do resultado, que foram APROVADOS candidatos que ainda estão cursando o curso para o cargo pretendido.

• O edital também prevê que só participariam no certame, candidatos com experiência mínima de 06 meses, e pode-se constatar que ficaram classificadas, e até aprovadas pessoas que ainda nem concluíram o curso para o cargo pretendido.

• O edital prevê que para o cargo de TÉCNICO em saúde bucal, tem como requisito apenas o curso de AUXILIAR em saúde bucal, mostrando que destua da legalidade, onde se deve ter curso técnico para exercer cargo técnico.

• No resultado final houveram, ainda, erros grotescos, colocando candidatos de um cargo, classificados em outros cargos.

Essas são algumas das irregularidades, contudo existem diversas. Somente estas são necessárias para que se possa verificar que merece anulação o referido Processo.

Dessa forma, a administração municipal feriu diversos princípios constitucionais, tais como legalidade,impessoalidade e moralidade. O processo Seletivo deveria ser pautado em critérios claros e objetivos, previamente definidos e divulgados no instrumento convocatório, que permitisse amplo pelos candidatos, com previsão, inclusive, da possibilidade de recurso administrativo, devendo os critérios utilizados estar sempre adstritos à aferição dos conhecimentos indispensáveis ao exercício da função a ser exercida, tudo nos termos estabelecidos pela atual jurisprudência do nosso ordenamento jurídico brasileiro.

Segue abaixo, imagens com algumas das informações aqui esplanadas:

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR! 
 
Fonte:  Josenias Freitas

Biriteiro Lula pode acusar Aécio de ter bebibo

Em um comício do candidato Hélder Barbalho (PMDB) em Ananindeua, no Pará, na noite da quarta-feira (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu o tom dos ataques a Aécio Neves (PSDB), adversário de Dilma Rousseff no segundo turno das eleições presidenciais.

Em discurso postado na página do ex-presidente no Facebook, Lula lembra a apreensão da habilitação de Aécio e a recusa do adversário em fazer o teste do bafômetro.

“Vi esses dias, em um debate na televisão, um candidato dizendo que seu governo era da decência e da competência. Eu fico imaginando: que decência e competência se, às 3 horas da manhã, ele foi parado em uma rua no Rio de Janeiro e se recusou a colocar a boca no bafômetro para dizer se tinha bebido ou não?”, questionou.

Do blogue do Xerife: Um Biriteiro da qualidade de Lula pode ter moral para tratar desse assunto contra Aécio Neves?

Vai arrumar uma lavagem de roupa Lula!

DEBATE DO SBT MARCADO POR ACUSAÇÕES DOS CANDIDATOS

Corrupção, nomeação de parentes, mentira, desrespeito, desinformação, falta de transparência, suspeitas, investigações… Sem trégua em nenhum dos blocos, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) centraram fogo no adversário usando esses temas como armas em suas perguntas e respostas no debate promovido por UOL, SBT e Jovem Pan nesta quinta-feira (16). O tiroteio deixou em segundo plano a discussão sobre temas de programas do governo das candidaturas do PT e do PSDB à Presidência da República.

No primeiro bloco, as denúncias de corrupção e de nepotismo nas gestões dos presidenciáveis deram a tônica. Aécio questionou Dilma sobre a nova denúncia divulgada sobre a Petrobras — o TCU (Tribunal de Contas da União) vai apurar supostas fraudes em obras do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), que incluem construções que estavam sendo geridas pelo ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa.

Na resposta, Dilma acusou os tucanos de “engavetarem os escândalos” e “escondê-los debaixo do tapete”. “Ao contrário do passado, a Polícia Federal não era dirigida por filiados do PSDB. A PF investigou e vai punir implacavelmente”, disse. “Onde estão os corruptos da compra de votos da reeleição? Todos soltos. Onde estão os corruptos do metrô de SP e dos trens? Todos soltos. (…) Da ‘privataria tucana’?, todos soltos”, respondeu Dilma. Aécio, na réplica, lembrou de petistas que foram presos.

Os dois candidatos também fizeram acusações mútuas de nepotismo: Dilma acusou Aécio de ter empregado a sua irmã Andrea Neves quando era governador de Minas Gerais (2003-2010), e Aécio disse que o irmão de Dilma, Igor Rousseff, foi empregado na prefeitura de Fernando Pimentel (PT-MG) sem trabalhar. “A diferença é que minha irmã trabalhou muito e não recebeu, enquanto seu irmão recebeu e não trabalhou”, disse ele.

Aécio acusou Dilma de “gostar de falar de parentes”, recordando o que classificou de “episódio triste”: o momento em que Fernando Collor, na campanha eleitoral de 1989, explorou questões pessoais do então candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva.


Por: Erivan Morais.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Voto mineiro e corrupção no centro do primeiro debate

No confronto que abriu a série de 4 embates diretos entre os candidatos no 2º turno, Dilma e Aécio repetiram, na Bandeirantes, a linha das campanhas na TV.


No primeiro dos quatro confrontos diretos que travarão na TV até o próximo dia 26, os candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) repetiram a linha das campanhas no horário eleitoral e trocaram ataques esperados no debate da TV Bandeirantes, na noite desta terça-feira. Não por acaso, as inserções eleitorais exibidas nos intervalos comerciais da emissora deixaram a impressão de que o debate não havia sido interrompido a cada bloco.

Em desvantagem na primeira rodada de pesquisas, Dilma Rousseff escolheu dois temas prioritários para sua artilharia: atacar o economista Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central no governo Fernando Henrique Cardoso e previamente anunciado por Aécio como futuro ministro da Fazenda se eleito, e criticar a gestão do tucano quando governador de Minas Gerais. Aécio devolveu citando a corrupção na administração do PT, pontuando escândalos recentes revelados na Petrobras, e apontando o terrorismo eleitoral propagandeado pelo PT sobre o fim do Bolsa Família se Dilma não for reeleita.

O momento mais quente foi justamente quando a corrupção esteve em tela. O tucano questionou a petista sobre a corrupção na Petrobras. Dilma rebateu citando denúncias e investigações na administração FHC. “Ninguém foi punido”, disse ela. Aécio reagiu: “Não queira nos igualar. O que acontece na Petrobras jamais foi visto”. A petista devolveu citando a denúncia de que Aécio construiu um aeroporto para beneficiar um familiar em Minas Gerais. “O senhor sabe o que é improbidade administrativa?”. E depois de uma intensa troca de perguntas e respostas girando sobre o mesmo tema – com duas reclamações de cada lado sobre “leviandade” nas respostas –, o tucano disparou a frase mais dura: “O seu governo é um mar de lama”.

Minas Gerais – O primeiro debate também foi claro sobre o peso do eleitorado de Minas Gerais nas eleições deste ano. Segundo colégio eleitoral do país (15,2 milhões de votos, ou 10,6% do eleitorado), Minas é berço do tucano, que administrou e deixou o governo com 92% de aprovação, mas acabou derrotado neste ano pela petista no primeiro turno – além disso, Fernando Pimentel (PT) venceu Pimenta da Veiga (PSDB) na disputa local. A exemplo da propaganda na TV, Dilma apostou na tentativa de desconstruir os dois mandatos de Aécio à frente do governo mineiro. Disse que o estado desviou 7,6 milhões de reais da saúde, que Minas tem o terceiro pior desempenho no serviço do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e cutucou: “O senhor perdeu as eleições em Minas Gerais no primeiro turno”.

Aécio usou seu tempo para reagir ao discurso do medo empregado na propaganda petista – e em alguns momentos pela própria candidata no debate. No quarto bloco, ela afirmou que a eleição do adversário representaria o aumento do desemprego. O tucano cortou: “Novamente o discurso do medo. Mas o medo hoje da sociedade é de o PT governar mais quatro anos”. Mais cedo, ele havia aproveitado o discurso do medo para citar nominalmente a candidata derrotada Marina Silva (PSB), que o apoia na etapa final, e o ex-governador Eduardo Campos, morto em tragédia aérea: “Sua campanha é feita de ataques e ofensas, foi assim com Eduardo, com Marina e agora comigo. A senhora não se arrepende de ter feito uma campanha com ataques tão cruéis aos adversários?”.

Nunca antes num debate presidencial se falou tanto de um estado: Minas Gerais. Dilma tentou justificar a insistência: “Estamos discutindo muito Minas Gerais porque o senhor governou Minas. E eu não saí de Minas a passeio, sai porque fui perseguida pela ditadura”. Aécio respondeu dizendo que a presidente está mais preocupada com Minas nestas eleições do que nas últimas décadas – Dilma é mineira, mas sua trajetória política foi construída no Rio Grande do Sul, inicialmente no PDT brizolista, depois no PT. Com seus redutos devidamente administrados nas urnas no primeiro turno, os 15,2 milhões de votos dos mineiros parecem decisivos para os candidatos nos onze dias até a eleição.

Fonte: www.veja.com.br/Skarlack.

Diretores de unidades prisionais ameaçam entregar o cargo em “solidariedade” ao pedido de exoneração de Júlio César Queiroz

A situação no sistema prisional do Estado ganha contornos ainda mais graves. Depois da decisão do secretário estadual de Justiça e Cidadania, Júlio César Queiroz, de entregar o cargo, agora são os diretores de todos os presídios do Estado que ameaçam também deixar os postos de trabalho.

A medida seria tomada em “solidariedade” ao pedido de exoneração de Júlio César, que entregará o cargo motivado pelas precárias condições de trabalho, inclusive as muitas dívidas acumuladas pela SEJUC.


Do Panorama Político.

146ª Morte violenta em Mossoró: Desconhecido foi baleado no Redenção e morreu a caminho do hospital

A Policia Militar e o Samu foram acionados na madrugada de hoje, 15 de Outubro, para uma ocorrência de disparos de arma de fogo com uma pessoa ferida, próximo a Igreja Católica do Conjunto Redenção em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Um homem, possivelmente chamado “Marcos” residente na cidade de Grossos foi encontrado pela policia militar, baleado e agonizando na Rua Manoel Lucas Mota. Ele foi socorrido as presas pela equipe do Samu, mas morreu antes de chegar no Tarcísio Maia.

A policia não confirma a informação de populares que “Marcos” foi perseguido e morto por dois indivíduos que estavam de motocicleta. Ele não portava documento de identificação ou foi levado pelos acusados.

O corpo continua na pedra do Hospital aguardando a solicitação para ser removido para o necrotério do Instituto Técnico e Cientifico de Policia e só será liberado depois da identificação feita por familiares.

 
Imagens do Destaque: Fim da Linha/Passando na Hora
  Veja a galeria de fotos 

*Fonte: O Câmera.

PAREDÃO DE SOM VIRA REBOQUE NA DESCIDA DO VIADUTO

Por volta das 14h desta terça-feira, uma caminhonete descia o viaduto do Nova Betânia em Mossoró puxando um reboque com um paredão de som. Provavelmente o peso do som, empurrado pelo vento, sobre a decida do viaduto fez com que o motorista da caminhonete perdesse o controle do veículo e provocado o acidente.

Fonte: Mossoró em Foco

sábado, 11 de outubro de 2014

Protocolo contra ebola segue até que segundo exame seja feito, diz ministro

Primeiro resultado de suspeita de contaminação por africano deu negativo.
Nova amostra será colhida domingo e resultado do teste sairá segunda (13).
O Ministério da Saúde não vai desmobilizar o protocolo de prevenção contra o ebola até que a segunda amostra de sangue do paciente Souleymane Bah, suspeito de ter sido contaminado pelo vírus, seja analisada e seu resultado divulgado na segunda-feira (13). A informação foi repassada neste sábado (11) pelo ministro Arthur Chioro, em Brasília.

Mais cedo, o governo divulgou que o paciente com suspeita de ebola não está contaminado. A confirmação deve ocorrer depois que o segundo exame comprovar a ausência do vírus.

“Como o primeiro resultado deu negativo, nossa expectativa é que o próximo também dê”, disse Chioro. A segunda amostra será colhida neste domingo e enviada ao Instituto Evandro Chagas, no Pará, responsável pelo primeiro teste.

O estado clínico de Bah, de 47 anos, é considerado estável e não houve manifestação de sintomas. O guineano está em "isolamento total" no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro (RJ). Ele poderá ter alta segunda, caso o exame dê negativo.

O protocolo citado pelo ministro significa manter o paciente isolado e monitorar quem teve contato com ele. O aparato será desarticulado se o novo teste não der positivo.

Medidas preventivas
De acordo com Chioro, o Brasil continua sendo um país com pouco risco de transmissão, o que, segundo ele, não significa que fique imune ao surgimento de um caso confirmado. “Nós nos preparamos para enfrentar a situação. Tínhamos feito dois simulados, a secretaria de Vigilância em Saúde tem trabalhado com as secretarias estaduais", explicou.

Segundo o responsável pela pasta, foi realizada reunião com o Ministério da Defesa sobre medidas preventivas à contaminação do ebola e, na próxima semana, haverá novos encontros com a Secretaria de Aviação Civil e o Ministério do Turismo. No entanto, ainda não há previsão para ações em aeroportos e portos brasileiros, como a medição de temperatura por escâner.

“Se tivesse um voo direto da Guiné [ou outros países afetados pela epidemia] para cá, claro que valeria a pena essas pessoas serem monitoradas [por escâner de temperatura]. Mas não temos”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa.

Avaliação no país de origem
Chioro não descarta intensificar medidas de contenção ao vírus, mas disse que elas não podem significar patrulhamento ou forma de restrição de acesso. Para ele, a forma mais eficaz de contenção é a avaliação do estado de saúde do viajante no país de origem.

"Se tivéssemos um sistema de medição de temperatura para entrada ou saída do país, não teria acontecido nada, porque no dia em que ele [paciente com suspeita de ebola] chegou ao Brasil, ele não tinha nenhum sintoma", complementa.

O ministério da Saúde havia informado que os sintomas de Bah apareceram no 21º dia, limite máximo de incubação do ebola e, por isso, o caso foi considerado suspeito, de acordo com os protocolos internacionais para o ebola

A Guiné, país de origem do paciente, é uma das três nações atingidas por uma epidemia de ebola neste momente, ao lado de Libéria e Serra Leoa. Atualmente, há 59 brasileiros residentes nesses países: 32 em Guiné, 25 na Libéria e 2 em Serra Leoa. A doença já matou 4.033 pessoas, de acordo com balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira.

Entenda o caso
Bah saiu da Guiné no dia 18 de setembro e chegou ao Brasil no dia 19, depois de uma escala em Marrocos. Ele seguiu de ônibus para a Argentina e, ao entrar novamente no país, pediu refúgio no posto da Polícia Federal da cidade de Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina. No dia 24, foi para Cascavel, no Paraná, onde se hospedou em um albergue com dois africanos.

Nesta quinta-feira (9), procurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) depois de apresentar febre. Ele relatou que o sintoma começou na quarta-feira (8). Na sexta (10), foi levado ao Rio de Janeiro em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e encaminhado ao Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), referência em doenças infecciosas.

Bah chegou ao Brasil na condição de refugiado e, de acordo com o documento expedido pela Coordenação Geral de Polícia de Imigração, pode permanecer no país até 22 de setembro de 2015.

Transmissão
O ebola é uma doença infecciosa grave provocada por um vírus. Os sintomas iniciais são febre de início repentino, fraqueza intensa, dores musculares, dor de cabeça e dor de garganta. Depois vêm vômitos, diarreia e sangramentos internos e externos. Ela é transmitida pelo contato direto com os fluidos corporais da pessoa infectada: sangue, suor, saliva, lágrimas, urina, fezes, vômito, muco e sêmen. Não há risco de contaminação pelo ar.

Quem tiver voltado de um dos países da África afetados pela epidemia - Libéria, Guiné ou Serra Leoa - e apresentar febre ou algum dos outros sintomas, deve procurar uma unidade de saúde e informar a equipe sobre a viagem. Dúvidas sobre a doença podem ser tiradas com o Disque Saúde, do Ministério da Saúde, no número 136.

Do G1.

Viúva de Eduardo Campos escreve carta de apoio a Aécio

Texto de Renata Campos é lido pelo filho João, considerado herdeiro político do ex-governador

Talita Fernandes, de Recife

Renata Campos, viúva do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos escreveu uma carta de apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais. O texto foi lido pelo filho mais velho de Renata e Eduardo, João, considerado herdeiro político do ex-governador, morto em acidente aéreo em 13 de agosto.

Na carta, Renata agradece ao povo pernambucano pelo apoio ao PSB nas eleições. O candidato da sigla ao governo do Estado, Paulo Câmara, foi o governador mais bem votado do país, em termos proporcionais, com 68% dos votos. Além disso, a chapa liderada pelo PSB elegeu Fernando Bezerra Coelho para o Senado e 20 deputados federais, oito deles do PSB, formando a maior bancada do partido na Câmara dos Deputados. Marina Silva também saiu vitoriosa em Pernambuco, onde a ex-senadora teve 48% dos votos, quadro que se repetiu apenas no Acre, seu Estado natal.

Leia também:
“Vou ganhar esta eleição” Aécio reforça promessas que atendem pauta de Marina

A viúva de Campos lembrou que este foi um ano muito difícil, mas afirmou que “continua com os mesmo sonhos” do marido. “Aécio, acredito na sua capacidade de diálogo e gestão”, disse, acrescentando que os caminhos de Campos e Aécio se cruzaram várias vezes durante suas carreiras políticas. “Sei que vocês eram diferentes, mas vocês souberam se unir pelo Brasil.”

Ela encerrou a mensagem desejando sorte ao candidato tucano e dizendo que ele levará de Pernambuco “a garra e a energia que serão fundamentais para construir um novo Brasil”, escreveu.

Aécio participa neste sábado de eventos de campanha em duas cidades pernambucanas, a capital Recife e Sirinhaém, no Sul do Estado, cidade onde Marina teve o maior percentual de votos no Brasil. O candidato tucano participará de um almoço na casa da família Campos.


*Carlos Skarlack.

Garibaldi declara que se Lula participar do programa de Robinson o PMDB rompe com Dilma

Ministro da Previdência afirma que “ninguém tem o espírito de Jesus Cristo que apanhou e deu a outra face para o inimigo”
O ministro Garibaldi Filho anuncia que se Lula participar do programa de Robinson no segundo turno o seu partido rompe – Foto: iPad Skarlack

“Se o ex-presidente da República, Lula, do PT, participar no programa do candidato a governador, Robinson Faria, do PSD, no segundo turno, o PMDB do Rio Grande do Norte romperá (com Dilma Rousseff)”.

Foi o que declarou o ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho (PMDB) em entrevista ao editor deste blog e ao jornalista Gutemberg Moura, ao final de encontro com lideranças do PMDB de Mossoró e Região no Hotel Thermas.

Perguntado sobre como o PMDB do Rio Grande do Norte assistiu ao ex-presidente Lula, pedindo voto para Robinson Faria, Garibaldi disse que “com surpresa”.

Porém, o ministro ponderou que a participação de Lula foi mais uma atitude isolada, do que por influência da presidente Dilma.

Para Garibaldi Filho, Lula, tem atitudes que nem mesmo Dilma influencia.

Porém, o ministro afirmou que existe um acordo entre as lideranças do PMDB e do PT segundo a qual a participação de Lula no programa de Robinson ficou restrita ao primeiro turno da disputa para o Governo do Rio Grande do Norte.

– Mas eles (da campanha de Robinson Faria) já tem a gravação, vamos ver se vão ser autorizados a usar na propaganda no segundo -, observa.

Se o vídeo em que Lula pediu voto para Robinson, no primeiro turno, vier a ser usado na propaganda eleitoral do segundo turno, então não haverá outro caminho.

– Nós romperemos, não tem como ficar calado com o inimigo batendo e a gente dando o outro lado da face, ninguém é Jesus Cristo, que apanhou e deu o outro lado da face para o inimigo -, afirmou Garibaldi Filho.

Fonte: Carlos Skarlack.

URGENTE= Apodiense que estava desaparecido foi encontrado morto no estado do Ceará.

Foi localizado por populares no fim da tarde dessa Sexta feira dia 10/10, o corpo do apodiense Gedalias Clevey Alves de Lima, de 29 anos, mais conhecido como “Geda”. Seu corpo foi encontrado na comunidade de Lajedo de Oiticica, na Zona Rural de Taboleiro do Norte no estado do Ceará.

Geda havia desaparecido na última Terça feira dia 07/10, por volta das 13:00h, quando, segundo informações repassadas para a polícia por sua esposa, tinha saído para receber um pagamento no Sítio Soledade, Zona Rural de Apodi.

Uma Guarnição do GTO de Apodi foi enviada ao local juntamente com um familiar da vítima, que conseguiu fazer o reconhecimento do corpo pela roupa, camisa short e chinelo, tendo em vista o corpo está em avançado estado de putrefação. Os policiais ainda tentaram colher informações na localidade, mas sem êxito.

A polícia pede a quem tiver alguma informação que possa ajudar na captura dos autores desse crime, denuncie ligando para os telefones: 190 / 9677-6004 - 3333-2703 / 3333-2737. Não precisa se identificar.
Chinelo ajudou na identificação do corpo.

*Fonte: Sentinelas do Apodi.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

PSDB rebate críticas de Dilma sobre salário mínimo

A campanha do candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB), divulgou nota na tarde de hoje (9) em que rebate declarações da candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), de que uma das propostas do partido é reduzir o poder de compra do salário mínimo. “Trata-se de um absurdo, que repilo com veemência. Ela [Dilma Rousseff] está mal informada ou distorce os fatos. Defendo que qualquer política econômica digna do nome tem que ter por objetivo aumentar o salário e a renda das pessoas, especialmente os mais pobres, que se beneficiam de aumentos reais no salário mínimo. Mencionei no passado inclusive que há muito espaço para os salários crescerem, especialmente se a economia crescer, o que não vem ocorrendo”, diz a nota, assinada pelo coordenador da área econômica da coligação Muda Brasil, Armínio Fraga.

*O Xerife.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

GASPEC COMEÇA O OUTUBRO ROSA COM CAMINHADA PELAS RUAS DE APODI

A caminhada teve início em frente ao Núcleo da UERN, percorrendo várias ruas da cidade e encerrando na sede do GASPEC.
Professores, estudantes, autoridades, representantes da Avon e voluntários do GASPEC estiveram participando da caminha em prol da consciência e da prevenção do câncer de mama. As mulheres precisam de cuidados, essa é a mensagem do Outubro Rosa em Apodi.






















Fonte: http://gaspecapodi.blogspot.com.br/